quarta-feira, 21 de maio de 2008

Governo Lula - Em 4 meses, governo Lula cria mais 850 mil empregos formais

A geração de emprego com carteira assinada bateu novo recorde histórico nos quatro primeiros meses de 2008, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho, divulgado nesta segunda-feira (19).

De acordo com o registro, foram gerados do começo do ano até abril 848.962 postos formais de trabalho, equivalente ao crescimento de 2,93% no período. Em relação ao acumulado no primeiro quadrimestre de 2007 (701.619 vagas), o crescimento é de 21%.

Nos últimos 12 meses, o nível de emprego formal cresceu 6,29%, o equivalente à criação de 1.764.735 novos postos. O resultado é superior ao acumulado observado em 2007, que havia registrado a criação de 1.360.799 vagas – crescimento de 5,04% em relação à 2006.

Abril
No mês de abril, foram criados 294.522 postos celetistas, uma elevação de 1% em relação ao estoque de março. Esse resultado mensal foi o segundo maior já registrado na série histórica do Caged, próximo ao recorde obtido em abril de 2007, de 301.991 postos.
Segundo o Ministério, tal comportamento é devido à presença de fatores sazonais da cadeia produtiva da agroindústria, com auxílio do crescimento registrado nos setores de serviços e da construção civil.

Setores

Segundo o Ministério, houve expansão do emprego formal em todos os setores da economia no mês. Em termos absolutos, o setor de serviços foi o que mais contribuiu para o resultado, com saldo recorde no período: 97.426 novas ocupações formais, aumento de 0,84% em relação à março.
O Caged também destaca a indústria da transformação, responsável pelo acréscimo de 82.740 empregos (crescimento de 1,16%), e o setor agrícola, que criou 38.627 vagas (+2,5%). É o setor que apresentou maior crescimento proporcional em relação ao mês aneterior. No entanto, esse resultado ainda é inferior aos 41.227 postos criados em abril de 2007.

Regiões

Todas as cinco regiões do país também apresentaram alta na geração de empregos em abril, e o Sudeste foi a que apresentou o maior saldo: 209.560 postos, crescimento de 1,27%. O Sul ficou em segundo lugar, com 47.512 vagas, seguido pelo Centro-Oeste (25.770 postos), pelo Norte (7.397 postos) e pelo Nordeste, com 4.283 vagas celetistas. Entre os estados, o destaque vai para São Paulo, que registrou em abril o melhor desempenho absoluto e relativo do período. Foram criados 144.939 empregos com carteira assinada, uma alta de 1,47% em relação ao mês anterior. Minas Gerais veio na seqüência, com 35.594 postos (+1,12%), seguido pelo Paraná, que criou 26.347 vagas(+1,32%).
De todas as unidades da federação, Alagoas e Pernanbuco foram as únicas que registraram queda no nível de emprego (respectivamente, -4,48% e +0,49%). De acordo com o Caged, o motivo para isso é “a presença de fatores sazonais negativos vinculados às atividades da cana-de-açúcar”.

Em Março

No primeiro trimestre, fechado em março, o Caged já havia apontado um recorde histórico para o registro iniciado em 1992, com a criação de 554 mil postos de trabalho com carteira assinada. Em relação aos três primeiros meses de 2007, quando foram criadas 399 mil vagas (recorde anterior), segundo informações do Ministério Trabalho, o crescimento no número de empregos formais criados foi de 38,7%. Para o ano de 2008, o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, havia previsto a criação de 1,8 milhão de postos de trabalho com carteira assinada. "Vai ser novo recorde, apesar da taxa de juros", disse ele em referência à decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do BC de elevar os juros de 11,25% para 11,75% ao ano. Em 2007, recorde para um ano fechado, foram criados 1,61 milhão de empregos formais.

2 comentários:

Guilherme Amado disse...

Muito bom. Quanto à forma como o governo Lula toca a economia, eu sou um entusiasta. Na verdade, sou entuasiasta de outras áreas tb, mas não todas.

Legal um espaço na web que não fale só mal do governo. Se bem que o clipping de boas notícias, em toda a imprensa, tem sido muito grande.

Não podemos negar que, bom ou mal governante, uma coisa o Lula é. Sortudo.

Neto Morais disse...

Lula e o unico presidente na historia do Brasil que merecia um segundo mandato, so por aquilo que ele ta fazendo com a economia

Rede Social

E-mail: falecom.portalbrasil@gmail.com

MSN Online: portal_brasil@hotmail.com

Twitter: http://twitter.com/Portal_Noticias

Orkut: http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=1174902884802331524