sexta-feira, 28 de maio de 2010

Eleições 2010 - Dilma evita comentar programa do DEM e volta a defender a Bolívia.

A pré-candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, insistiu nesta sexta-feira (28), em Chapecó, no oeste de Santa Catarina, que não é atitude de estadista atribuir responsabilidade ao governo boliviano pela produção e pelo tráfico de cocaína. Ela não quis comentar o programa do DEM na TV, que cedeu espaço para o pré-candidato do PSDB, José Serra.

"Um estadista não faz isso", afirmou ela, no 2º Encontro Nacional de Habitação da Agricultura Familiar. "Incriminar um governo é diferente de dizer que da Bolívia vem droga."

O pré-candidato do PSDB, José Serra, afirmou esta semana que o governo boliviano poderia ser "cúmplice" no tráfico de droga e, ontem, ressaltou que estava se referindo à quantidade de entorpecentes que vem do país vizinho e que não via nenhuma atitude da Bolívia para contê-lo. De acordo com Dilma, a Polícia Federal (PF) e o Ministério da Justiça estão colaborando "intensamente" com a Bolívia.

A petista contou ter conversado ontem com o ex-ministro da Justiça, Tarso Genro, que a informou sobre uma atuação conjunta que culminou com o fechamento de uma fábrica de cocaína, o que há muito tempo não acontecia na Bolívia. "É preciso que haja conversa entre os ministérios da Justiça", disse. "É prudente não atribuir, sem informações e provas, responsabilidades ao governo boliviano. Não é papel de um estadista fazer isso."

DEM

A pré-candidata se recusou a comentar a propaganda do DEM que foi ao ar ontem durante horário eleitoral gratuito. "Não vou fazer comentário sobre o programa de televisão porque não é do meu feitio", justificou-se. O DEM dedicou seu programa partidário inteiramente ao pré-candidato do PSDB à Presidência, José Serra.

Pouco antes de chegar ao pavilhão, onde os agricultores estavam reunidos, Dilma concedeu entrevista à Rádio Super Condá, em que criticou Serra, citando-o como aquele que "provavelmente será meu adversário" por, na condição de ministro do Planejamento do governo Fernando Henrique Cardoso, não ter feito superávit primário. "Nós jamais fizemos déficit em oito anos de governo", disse.

Região crítica

Na entrevista para a rádio, Dilma admitiu que o Sul é a região mais "crítica" de sua campanha, pois é onde ela tem aparecido com menos intenções de voto nas pesquisas. "(O Sul) vai olhar com mais demora a candidatura nova que eu represento", afirmou. "A antiga (de José Serra, do PSDB) é mais conhecida, até disputou a Presidência da República."

Depois de contar que nasceu em Minas Gerais, ela reiterou ter iniciado a carreira política no Sul, onde sua família se consolidou, e disse que quer essa região bastante desenvolvida. "Quando me aposentar, vou voltar para o Rio Grande do Sul", afirmou. "Nós somos referência do Brasil. Aqui se estuda antes, aqui se tem oportunidades antes."

2 comentários:

Blog do Maturo ™. disse...

PESQUISA VOX POPULI - DILMA VIRA O JOGO;
A confirmar

Tucanos estavam ontem, pela manhã, algo desanimados. Souberam que pesquisa do Vox Populi, encomendada por um partido, mostra Dilma cinco pontos à frente de Serra.

Do Direto da Fonte, do Estadão,aqui

Anônimo disse...

reported the majority of people repayment its mortgages in a timely manner together with without the need of fees and penalties
A leading unsecured debt charitable desires the number of families checking out these individuals designed for guide over fast cash advance credit card debts so that you can two bottle this. arrears charitable reveals all around purchase any payday, huge benefit lending products the year of 2010. A nonprofit charities reveals four years in the past the number of customers using them ended up being unimportant.
pozyczkanadowod24.com.pl
pożyczki prywatne
pożyczki przez internet w uk
szybka pożyczka
więcej na

http://szybkapozyczka24.info.pl
http://kredytybezbik24.net.pl
http://kredyty-bez-bik.org.pl

Rede Social

E-mail: falecom.portalbrasil@gmail.com

MSN Online: portal_brasil@hotmail.com

Twitter: http://twitter.com/Portal_Noticias

Orkut: http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=1174902884802331524